Novos Baianos Futebol Clube (1973) – Solano Ribeiro

Novos Baianos F. C. foi filmado por uma emissora de TV alemã, inédito até hoje no Brasil. O dia-a-dia de Moraes Moreira, Pepeu Gomes, Baby Consuelo, flagrados pelas lentes numa representação dos ícones “ripongas” nos anos 70.  Após saírem da gravadora Som Livre, se fixaram em um sítio de Jacarepaguá, onde gravaram com a continental o disco Novos Baianos F.C.. Neste sítio, viviam quase em anarquia, em pleno regime militar, dividindo-se entre futebol e música, o que fazia com que eles considerassem o grupo além de uma banda, um time de futebol. O documentário traz  canções que apresentam vários outros gêneros brasileiros como frevo, baião, choro, samba e pitadas de rock n’ roll.

http://cinemacultura.com/?p=9614

Guerrilha Gerador (2013) – Danilo Sevali

GUERRILHA GERADOR – (BRA, 2013) de Danilo Sevali

Em plena efervescência do movimento Ocuppy que sacudiu o mundo nos últimos anos, músicos de Mogi das Cruzes e Sorocaba se juntam para criar um verdadeiro blitzkrieg sonoro.

Utilizando geradores elétricos, eles montam seus shows em praças, ruas, parques ou qualquer outro lugar que lhes pareça possível. Basta que haja uma platéia pronta pra ouvir.

Este documentário retrata uma maneira original de questionar o espaço público, os esquemas do show business e, principalmente, a relação comercial entre a arte e o público.

Raul – O Início, o Fim e o Meio (2012) – Walter Carvalho, Leonardo Gudel

Enquanto o mundo fervilhava nas trepidões das motos de Easy Rider, no ritmo frenético de Elvis Presley, nos poetas Beatniks, na explosão da contracultura, um menino da Bahia deu a luz ao Rock no Brasil. Um disco voador desgovernado que abduziu o coração e a mente de milhares de fãs, Raul Seixas, um homem que virou mito. O filme desvenda através de imagens raras de arquivo, encontro com familiares, conversas com artistas, produtores e amigos, a trajetória da lenda do Rock [brasileiro]. Raul Seixas morreu jovem porque viveu intensamente. Rock n’ Roll, amor livre, Sociedade Alternativa, drogas, magia negra, ditadura militar, mulheres e filhas. Um homem que queria viver da sua obra e morreu por ela. O início, o fim e o meio se confundem, porque a história não acabou. (Texto do site oficial do filme)