Notas Flanantes (2009) – Clarissa Campolina

Sinopse
Um dia me pediram para definir a cidade em que eu acordo todos os dias. A falta de resposta me levou a procurar um método para descobrir esse lugar que me é tão corriqueiro. Com o mapa de Belo Horizonte em mãos, sorteava o quadrante aonde deveria ir. O vídeo se constrói nesses passeios, revelando o cotidiano de lugares escolhidos ao acaso e do meu encontro com essa outra cidade.

Equipe
Direção, Câmera e Montagem: Clarissa Campolina
Produção Executiva: Diana Gebrim
Produtor Associado: Helvécio Marins Jr.
Direção de Produção: Ana Regina Fernandes
Som Direto, Edição e Trilha Sonora: O Grivo
Texto: Clarissa Campolina | Sérgio Borges
Colaboração de texto: Juliana Araújo | Marília Rocha
Revisão de Texto e Voz: Juliana Araújo
Colaboração de Montagem: Roberto Bellini | Sérgio Borges
Finalização de Imagens e Desenho Gráfico: Roberto Bellini
Assessoria Administrativo-Financeira: Diversidade
Assessoria Contábil: Aguilar Serviços Contábeis
Tradução Inglês: Marko Monteiro
Desenvolvimento de Projeto: Clarissa Campolina e Stella Fontes Paiva Estagiários: Lucas Campolina | Daphne Csenger
Estagiários TEIA: Marina Sandim | Nayara Macedo

Exibições
• I Semana dos Realizadores (Rio de Janeiro)
• 62º Festival Internacional de Locarno (Suiça)
• 31 Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Havana)
• Mostra UFC de Cultura (Fortaleza)
• 4º CineOP (Ouro Preto)
• Femina 2009
• FIDMarseille 2009 (Video library)

Sábado à Noite (2007) – Ivo Lopes Araújo

Documentário • DV • 62min • CE/Brasil

Sinopse

Uma noite de sábado em Fortaleza.

Direção, Produção, Fotografia

Ivo Lopes Araújo

Produção Executiva

Ivo Lopes Araújo, Rúbia Mércia e Luiz Carlos Bizerril

Som

Danilo Carvalho

Montagem

Alexandre Veras, Ricardo Pretti, Luiz Pretti, Fred Benevides e Ivo Lopes Araújo
Edição de Som

Ivo Lopes Araújo e Danilo Carvalho

Prêmios

• Melhor Filme – Júri Jovem • 11ª Mostra de Cinema de Tiradentes

• Melhor Experimentação: Dispositivo • Cine Esquema Novo 2008 – Festival de Cinema de Porto Alegre

• Prêmio Caríssima Liberdade • 8ª Mostra do Filme Livre

PAN-CINEMA PERMANENTE (2007) – Carlos Nader

Documentário sobre o poeta baiano Waly Salomão, para quem a vida era um filme de ficção e a poesia uma ferramenta para desmascarar qualquer pretensão naturalista. Essa convicção influenciou profundamente amigos, como Antonio Cícero, Caetano Veloso, e também o diretor deste documentário, Carlos Nader, que filmou Waly por quase 15 anos. Mas como fazer um documentário sobre alguém que acreditava que tudo é ficção?

Permanent Pan-Cinema is a documentary about the late Brazilian poet Waly Salomão, a man who believed that life is a fiction movie. For Waly, poetry was daily tool to unmask any pretension of naturalism. Such a strong conviction influenced deeply his friends as fellow poet Antonio Cícero, musician Caetano Veloso and also this film’s director, Carlos Nader, that has been documenting Waly’s live for nearly 15 years. But how to make a documentary about someone who believes everything is fiction?

Prêmios:

Melhor Documentário no Festival do Cinema Brasileiro em Israel, 2009;
Melhor longa metragem no V Panorama Internacional Coisa de Cinema, Salvador, 2009;
Melhor documentário no Festival É Tudo Verdade, 2008;
Melhor longa no Festival CineEquemaNovo, 2008;
Prêmio especial do júri da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), 2008;

FICHA TÉCNICA

Direção, Fotografia, Roteiro e Montagem: Carlos Nader
Produção Executiva e Assistência de Direção: Flavio Botelho
Pré-Montagem, Gráficos e Finalização: Gustavo Gordilho
Trilha Sonora e Edição de Som: Daniel Zimmerman
Consultoria de Roteiro e Montagem: Sergio Mekler, Daniel Chaia, Gustavo Gordilho e Flavio Botelho

KFZ-1348 (2009) Gabriel Mascaro e Marcelo Pedroso (FUSCA)

Em 1965, um fusca é vendido a um jovem engenheiro civil de São Paulo. Quarenta anos se passam e o carro vai parar num ferro-velho do Recife, com a placa KFZ-1348. Nessa trajetória de quatro décadas, o carro passou pelas mãos de outros sete proprietários. De um empresário paulista a uma cabeleireira do interior de Pernambuco. Para cada um deles, o fusca teve seu valor, sua importância, em diferentes momentos da história do Brasil. O documentário KFZ-1348 parte em busca dessas histórias, tendo o carro como fio condutor e a vida de seus proprietários como janela privilegiada para observação da sociedade brasileira…

http://pt.gabrielmascaro.com/KFZ-1348

FESTIVAIS

– 4º Al Jazeera International Documentary Film Festival, 2008
– Calgary International Film Festival, 2008
– 32.a Mostra Internacional de São Paulo (Prêmio Especial do Júri), 2008
– Janela Internacional de Cinema do Recife (mostra não competitiva), 2008
– Mostra Retrospectiva/Expectativa da Fundaj (mostra não competitiva), 2008
– 12.a Mostra Tiradentes, 2009
– 2° festival de cinema de Triunfo, 2009
– CinePE, 2009
– Festival internacional de cine documental de la ciudad de México
– SalinaDocFest
– Festival internacional de cine del Norte de Chile, 2009
– 6°Festival de cinema de Maringá, 2009
– International Film Festival of Uruguay, 2009
– BAFICI, Buenos Aires Festival Internacional de cine Indepiendente, 2009
– Planet Doc review International Film Festival, 2009
– Mostra Internacional Imagem dos Povos, 2009
– 4° Mostra paulista Nordestina, 2009
– Mostra curta Pará Cine Brasil, 2009
– 4° Festival de cinema de países de lingua portuguesa-CINEPORT

PRODUÇÃO

Empresa produtora: REC
Produção Associada: Símio Filmes

Os Anos JK – Uma trajetória política (1980) – Sílvio Tendler

O filme, narrado por Othon bastos, aborda a História do Brasil: a eleição de JK, o nascimento de Brasília, o sucessor Jânio Quadros que renuncia, a crise política, o golpe militar e a cassação dos direitos políticos de Juscelino.

O foco é a trajetória política de Juscelino Kubitschek, o “presidente bossa nova”, popular entre os artistas, que propunha aceleração no desenvolvimento do País rumo à modernidade e a ocupação de um lugar entre as potencias mundiais.

O filme é referência para estudantes pesquisadores. Foi visto por mais de 800 mil pessoas em todo país e ganhou vários prêmios. Contando a trajetória do presidente brasileiro Juscelino Kubitschek, desde sua estréia como político, passando pela construção de Brasília e indo até a perda dos direitos políticos. Lançado em plena ditadura militar, o filme versa sobre a democracia e o desenvolvimento, e fez sucesso ao mostrar o que era uma nação em plena democracia para um povo que já havia esquecido como era viver em liberdade.

http://www.imdb.com/title/tt0270833/