Vilas Volantes: o verbo contra o vento (2005) – Alexandre Veras / DOC TV

Vilas Volantes: o verbo contra o vento (Alexandre Veras, 2005). O documentário fala de povos do litoral cearense que são obrigados a migrar por causa da ação dos ventos. Abordaremos as seguintes questões: as poéticas tecnológicas como referência estética, o vestígio como motivador da memória, a memória como elemento construtor de discurso. A análise busca compreender como este intrincado de vestígios, memória e distorções operam na construção do filme.
Direção: Alexandre Veras
DOCTV

Anúncios

Violência S.A. (2011) – Jorge Jafet, Eduardo Benaim e Newton Cannito / DOC TV

Brasil: segundo lugar em má distribuição de renda, primeiro em produção e venda de carros blindados. Curiosas relações, aberrantes diferenças.
MEDO é dinheiro.
VIOLÊNCIA S.A. é um documentário humorístico sobre o mercado de segurança e uma ácida paródia da cultura do medo como propulsora da apartação social. Entre e se deslumbre com o maravilhoso shopping-center da segurança, segregação e medo, que tomou de assalto o dia-a-dia do brasileiro de “classe-média”.

Novos Baianos Futebol Clube (1973) – Solano Ribeiro

Novos Baianos F. C. foi filmado por uma emissora de TV alemã, inédito até hoje no Brasil. O dia-a-dia de Moraes Moreira, Pepeu Gomes, Baby Consuelo, flagrados pelas lentes numa representação dos ícones “ripongas” nos anos 70.  Após saírem da gravadora Som Livre, se fixaram em um sítio de Jacarepaguá, onde gravaram com a continental o disco Novos Baianos F.C.. Neste sítio, viviam quase em anarquia, em pleno regime militar, dividindo-se entre futebol e música, o que fazia com que eles considerassem o grupo além de uma banda, um time de futebol. O documentário traz  canções que apresentam vários outros gêneros brasileiros como frevo, baião, choro, samba e pitadas de rock n’ roll.

http://cinemacultura.com/?p=9614

Velho – A História de Luiz Carlos Prestes (1997) – Tony Venturi

O Velho – A História de Luiz Carlos Prestes, com muitos extras e uma hora de
depoimentos inéditos. A história de um mito – O Cavaleiro da Esperança – e um dos
personagens mais perseguidos do século passado. Polêmico líder do Partido Comunista
Brasileiro (PCB), Luiz Carlos Prestes (1898-1990) carregou ideais hoje soterrados pelos
escombros do Muro de Berlim. O documentário reúne 70 anos de imagens da História do Brasil:
a épica marcha de 25.000 km da Coluna Prestes nos anos 20; passando pelo dramático romance
com Olga Benário até a repressão política da ditadura militar. Depoimentos de jornalistas,
familiares, ex-membros do PCB e um raro material de arquivo formam a mais completa
cine-biografia de Prestes, Quixote obstinado que carregou durante toda a sua vida o projeto
de um mundo melhor. Um filme que ao mostrar a História do Velho, mostra uma grande parte da
Historia do Brasil! voltado para um público que pouca oportunidade teve de conhecê-lo. Um
produto cultural cujo objetivo é estimular a reflexão. Uma ferramenta de pesquisa à
disposição dos estudantes e formadores de opinião. Procura fornecer informações do nosso
tempo, através de um roteiro complexo. Ele abrange depoimentos de testemunhas da história,
imagens de época, uma narração informal e informativa e pequenos respiros poéticos, cenas
ficcionais que remetem nosso imaginário a pequenos detalhes da vida de Prestes e seu tempo.