Jorge Mautner O Filho do Holocausto (2012) – Heitor D’Alincourt, Pedro Bial

O documentário narra a trajetória de Jorge Mautner após seus pais —uma austríaca católica de origem iugoslava e um judeu austríaco— fugirem do nazismo, na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial e chegarem ao Rio de Janeiro, no Brasil, no início da década de 1940. Seu nascimento na cidade, seu contato com a cultura brasileira por meio de um jovem negra que trabalhava como babá de sua família e cantava para ele sambas e cânticos de candomblé, sua ida para São Paulo, sua estada em Nova Iorque na década de 1960, suas parcerias com Gilberto Gil, Caetano Veloso e Nelson Jacobina, bem como seu auge no mundo musical são contados pelo filme.

Gênero: Documentário
Direção: Heitor D’Alincourt, Pedro Bial
Roteiro: Heitor D’Alincourt, Pedro Bial
Produção: Canal Brasil
Fotografia: Gustavo Habda
Trilha Sonora: Jorge Mautner
Duração: 93 min.
Ano: 2012

Rio de Lama (2016) – Tadeu Jungle (Realidade Virtual)

O filme em Realidade Virtual de Tadeu Jungle retrata os sobreviventes da maior tragédia ambiental do Brasil com delicadeza e melancolia.

SINOPSE
Documentário de curta-metragem realizado em Realidade Virtual sobre o rompimento da barragem da Samarco em Mariana, MG. O filme mostra o que restou da vila de Bento Rodrigues e contrapõe a paisagem arrasada com as alegres memórias de seus moradores.

DURAÇÃO: 9’34” Cor, estéreo, Filmado em Realidade Virtual

SE QUISER ASSISITIR EM RESOLUÇÃO 4K CLIQUE NESTE LINK https://www.youtube.com/watch?v=49YyD…

DIRETOR
TADEU JUNGLE

PRODUTORES
MARCOS NISTI
RAWLINSON PETER TERRABUIO
TADEU JUNGLE

REALIZAÇÃO
ACADEMIA DE FILMES
BEENOCULUS
MARIA FARINHA FILMES

 

Os Dias com Ele (2012) – Maria Clara Escobar

Os Dias com Ele não traz uma premissa incomum no documentário, pelo contrário: o filme foca na relação entre a diretora Maria Clara Escobar e seu pai, o filósofo Carlos Henrique Escobar. Através dos traumas pessoais, a narrativa pretende espelhar os traumas da nação, principalmente relacionados ao sombrio período da ditadura militar. As relações família-pátria e público-privado têm constituído o eixo de dezenas de documentários nacionais, e este é mais um exemplar da boa qualidade deste grupo de obras.

O perfeito cozinheiro das almas deste mundo (2011) – Matias Mariani

O videodocumentário abaixo trata da edição do livro O perfeito cozinheiro das almas deste mundo, de Oswald de Andrade (o grande homenageado da Flip 2011). Conta com depoimentos de Marília de Andrade, filha de Oswald, Marisa Moreira Salles e Jorge Schwartz, que participaram do projeto editorial de 1987. Leia mais: http://www.blogdoims.com.br/ims/o-per…

A elaboração coletiva, em forma de diário, é resultado de encontros em uma garçonnière mantida pelo escritor e amigos em 1918, no centro de São Paulo. Os frequentadores, entre eles Guilherme de Almeida, Vicente Rao, Leo Vaz, Monteiro Lobato e Daisy – única mulher e uma das grandes paixões de Oswald -, registravam suas observações com bilhetes, receitas, poemas e desenhos.
O livro, esgotado, foi publicado em 1987 em tiragem limitada pela editora Ex-Libris, e apoio do IMS, com um projeto gráfico cuidadoso, preservando detalhes como colagens e dobras.